Um pouco por todo o mundo, há uma nova geração marcas de moda que tem vindo a ganhar consciência ambiental e a investir em peças de roupas eco-friendly e de fonte sustentável, onde os materiais usados são feitos à base de matérias-primas orgânicas e recicláveis. Neste novo contexto, nada como consumir moda de forma consciente. Saiba aqui como. Estes são os comportamentos a adotar urgentemente:

1. Estude o seu guarda-roupa

Conhecer muito bem o recheio do seu guarda-roupa, e saber como o combinar em diversas composições, é essencial. Assim não terá peças que nunca usa. Verifique, anualmente ou a cada estação, o que continua no seu guarda-roupa ou que vai ter de modificar e o que vai para revenda, troca ou doação.

Para isso, é necessário ter espírito de autocrítica e saber o que realmente vai ser usado. Use o truque do cabide. Cada vez que usar uma peça vire o cabide ao contrário. Aqueles que não tiver virado após o fim de um estação, são os das peças que nunca usou e que, muito provavelmente, irá continuar a não usar.

2. Não se desfaça de peças

Ganhe o hábito de não se desfazer de peças de roupa ou acessórios. Pelo contrário, tenha como costume modificá-las, adequá-las a novos códigos de estilo e padrões de moda. Saber costurar (se não sabe, está a tempo de aprender em Oficinadecosturacriativa.com) ou ter uma costureira de confiança, são boas saídas para dar uma nova vida a uma peça e fazer com que esta tenha uma segunda oportunidade no seu armário. Inspire-se nos blogues internacionais Honetly WTF, I Spy DIY e P.S. – I Made This.

3. Não compre por impulso

Uma das grandes tentações é a compra por impulso. Isso pode resultar num guarda-roupa cheio de peças que foram pouco ou nunca usadas. Compre quando necessário, para repor algum item ou para alguma ocasião fora do comum que exija uma peça específica.

Um bom hábito é ter uma ou mais datas para comprar roupas, como por exemplo duas vezes ao ano, preferencialmente nos saldos. E, quando for inevitável comprar peças novas, dê sempre preferências às de boa qualidade e sustentáveis. Pouco, mas bom e consciente!

4. Conheça o modo de produção das marcas

Informar-se sobre o processo de produção das roupas e matérias-primas utilizadas é uma forma interessante de comprar roupa. Algumas marcas de moda já estão bastante avançadas e escolhem matérias-primas e modelos de produção sustentáveis. Ainda que não tenhamos um número elevado de negócios com esse perfil, vale a pena pesquisar quais são e valorizá-los, pois estão a apostar em formatos inovadores.

Veja na página seguinte: As feiras de roupa onde pode ir comprar e/ou vender

5. Participe em grupos de trocas ou venda de roupa

É importante ter como hábito participar em trocas de roupa com as amigas ou conhecidas. Muitas pessoas também montam bazares para vender as peças que não usam, mas que ainda teriam muito tempo de vida útil com outra pessoa. E não é apenas para construir um estilo vintage, mas para comprar peças seminovas que alguém não quer mais, mas outros podem usar.

Na região de Lisboa, realizam-se regularmente eventos como o Stockmarket, a Feira da Buzina, o Lx Market, o Coolares Market – Sintra, o Mercado CCB Novo & Antigo e a Feira das Almas, só para citar alguns.

No Porto, a lista inclui o Stockfashion Alfândega, o Flea Market e o Mercado Porto Belo. Em Coimbra, o destaque vai sobretudo para o Trend Market.

6. Conheça o histórico da marca

Procurar informação sobre o histórico da marca é importantíssimo na hora de saber de onde vem o que está a comprar. Quando possível procure sites, redes sociais e faça pesquisa sobre determinada marca ou produto que deseja comprar. Pode descobrir problemas mais graves, como posicionamentos que ferem a ética ou, até mesmo, reclamações de outros consumidores que a irão ajudar a ter uma escolha mais consciente.

Faça download de algumas aplicações que lhe vão permitir fazer uma escolha consciente:

- Orange Harp

- Ecotextile

- Good Guide

Texto: Margarida Figueiredo e Joana Brito

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.