A beleza sempre foi uma componente muito importante para o sexo feminino e desde cedo que as mulheres procuraram métodos diferentes para ficarem ainda mais bonitas.

Por vezes é comum recorrerem às mesinhas e aos truques das avós e das mães, mas será que funcionam mesmo?  Neste artigo vamos desvendar alguns mitos e revelar se alguns desses truques resultam.

O chá de camomila clareia o cabelo

VERDADE - Mas só funciona com cabelos que já são loiros naturais ou pintados. A camomila produz componentes químicos que realçam a cor. Se aplicar o chá e em seguida apanhar sol, os seus fios capilares irão ficar ainda mais claros. A camomila também é ótima para limpar a oleosidade do cabelo.

O cabelo habitua-se aos champô

VERDADE - Cada champô tem um composto e, com o tempo, o cabelo habitua-se àquela substância e acaba por perder o efeito desejado. Por isso é necessário revezar os produtos para não “viciar” o cabelo.

O cloro deixa o cabelo verde

MITO - Não é o cloro que deixa o cabelo verde, mas sim o sulfato de cobre (metal que também é utilizado para tratar a água da piscina). Quando esse metal se liga à queratina dos fios, acaba por deixar a pigmentação do cabelo esverdeada. Mas essa reação só acontece nos cabelos claros, porque têm o fio poroso é mais fácil para o metal penetrar no cabelo. Dica: para ser ver livre deste problema os especialistas recomendam lavar o cabelo com vinagre ou leite morno durante aproximadamente cinco minutos.

Dormir com o cabelo molhado prejudica a raiz

VERDADE - A humidade abafada e o calor provocado pela almofada pode produzir uma proliferação de fungos e, consequentemente, provocar a queda dos fios capilares. Nesse caso, um dermatologista pode resolver o problema.

A água de arroz clareia as sardas

MITO - O líquido em questão não tem nenhuma substância que tenha o poder de clarear manchas ou sardas.

As rodelas de pepino geladas minimizam as olheiras

VERDADE - As rodelas de pepino geladas podem amenizar temporariamente as olheiras devido à compressão dos vasos da região que a temperatura baixa provoca. Mas o resultado poderia ser obtido também com compressas de água gelada ou chá de camomila gelado.

O óleo de amêndoas doces previne as estrias

VERDADE - Este óleo é altamente hidratante e ajuda na elasticidade da pele evitando as ruturas no tecido que causam as tão indesejáveis marcas brancas ou vermelhas.

A pasta de dentes seca as borbulhas

VERDADE - As borbulhas secam devido à composição de ácidos e mentol presentes nas pastas dentífricas. Mas cuidado: isto resseca a pele e, por ser abrasivo, pode irritar e até aumentar a inflamação da acne. O ideal é consultar um dermatologista para um tratamento mais adequado de acordo com o seu tipo de pele.

A clara de ovo deixa a pele do rosto mais firme

VERDADE - A clara do ovo é rica em albumina e tem efeito tensor, o que deixa a pele mais lisa e firme. Uma máscara feita com este alimento é indicada principalmente para as peles oleosas.

Fazer a depilação com gilette engrossa os pelos

MITO - Temos esta impressão porque o pelo é cortado no meio da haste (que é um local onde é mais grosso). Ou seja, o modo de depilar não interfere neste aspeto. Se assim fosse, a solução para as pessoas que sofrem de queda de cabelo seria usar gillette e o problema ficaria resolvido. Ao escolher a cera, os seus pelos tendem a diminuir com o tempo porque o facto de serem puxados pela raiz faz com que enfraqueçam.

O bicarbonato de sódio branqueia os dentes

VERDADE - O bicarbonato de sódio neutraliza os ácidos produzidos na placa dental, ajudando a clarear os dentes. Por deixar o PH da boca mais alcalino, esta substância ajuda no combate de aftas e cáries. Mas evite fazê-lo com frequência, pois o bicarbonato também desgasta o esmalte, tornando os dentes mais sensíveis. Para obter o resultado ideal faça-o apenas uma vez por mês.

Se arrancar um cabelo branco depois crescem mais sete

MITO - Quando os fios capilares começam a ficar brancos, o processo ocorre gradualmente em todo o cabelo. Isto deve-se aos melanócitos, células que ficam próximas do bulbo capilar, pois quando perdem a capacidade de produzir melanina (pigmento responsável pela coloração natural dos cabelos), os fios ficam esbranquiçados. E isto acontece por vários motivos: pode ser genético (por isso há quem fique grisalho mesmo antes dos 20 anos), pode ser uma questão hormonal ou devido ao próprio envelhecimento.

A água quente estraga o cabelo

VERDADE - O ideal é lavar os cabelos com água morna ou fria. A água quente prejudica o couro cabeludo, aumenta a seborreia e pode causar a queda dos fios, resultando em cabelos frisados com fios finos. Os cabelos normais e com os fios mais grossos ficam opacos porque a água quente diminui a oleosidade natural dos fios e elimina o brilho.

Cortar as cutículas faz com que estas cresçam mais

VERDADE - Retirar as cutículas das unhas é um trauma local e o corpo responde ao estímulo aumentando a produção de peles para proteger mais a área agredida.

O chocolate favorece o aparecimento de borbulhas

VERDADE - Ainda que não seja assim para todas as pessoas. Quem tem tendência a ter pele acneica e exagera na ingestão de chocolates e alimentos oleosos fica mais propenso a sofrer erupções porque a pele pode produzir mais sebo no período de alimentação desregrada.

Tomar banho com água fria mantém o bronzeado

VERDADE - O banho frio não desidrata a pele como o banho quente, tendo um efeito calmante e anti-inflamatório. Por causarem a contração dos vasos sanguíneos, os banhos frios conservam mais o bronzeado.

Depilar as sobrancelhas com cera deixa as pálpebras flácidas

VERDADE - A pele próxima da região dos olhos é muito fina e delicada. O processo de depilação com cera na região das sobrancelhas faz a pele ser puxada repetidamente, acabando por causar flacidez.

O cabelo cresce mais durante a gravidez

VERDADE - Estimulado pelas hormonas, o cabelo cresce mais durante a gravidez.

Cortar as unhas faz com que fiquem mais fracas e quebradiças

MITO - Cortar ou limar as unhas não interfere na sua saúde, já que este processo é feito apenas na extremidade da unha e quando esta já passou por toda a sua fase de crescimento.

Deve-se deixar as unhas sem verniz para que possam “respirar”

MITO - As unhas são constituídas por células mortas de queratina. Sendo assim, não têm a necessidade de “respirar”. O que pode ocorrer é o ressecamento e enfraquecimento das unhas em virtude da utilização contínua de vernizes que possuem compostos muito agressivos como tolueno, benzeno e formaldeído. Para a saúde das unhas, é sempre bom optar por vernizes menos agressivos, ou seja, livres destas substâncias tóxicas.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.