Não vale a pena ter múltiplos cuidados com a lavagem e hidratação do seu cabelo se depois vai utilizar a escova ou o pente que, devido à sua utilização diária, acumulam resíduos de gordura, ácaros do pó, células mortas da pele e outro tipo de sujidade. Infelizmente, pode tornar-se o local perfeito para bactérias e para o crescimento de fungos, correndo o risco de infeção.

Tal como provavelmente faz com os seus outros objetos e utensílios do dia a dia, como por exemplo os pincéis de maquilhagem ou a prancha de alisamento, também há cuidados a ter com aquilo que escova o cabelo. Assim, torna-se imprescindível e recomenda-se que faça uma limpeza. Não demora assim tanto e o seu couro cabeludo agradece!

Escovas de madeira

Uma vez que não suportam água em excesso e podem danificar com o tempo, nada como retirar bem os fios de cabelo e fazer uma lavagem rápida com água e sabão. É preferível humedecer um pano e limpar. Faça uma vez por semana.

Escovas/ pentes de cerâmica ou plástico

Numa tigela com água morna adicione um pouco de champô neutro, por exemplo, e deixe uns minutos de molho. Enxague muito bem e deixe secar ao ar. Faça de 15 em 15 dias e semanalmente pode passar um pano húmido com água e sabão.

Escovas de cerdas

Uma vez que podem acumular água internamente, o risco de humidade e, por conseguinte, mofo ou bolor é optar por colocar de molho de 2 em 2 meses, conforme descrito acima. No entanto, semanalmente pode fazer o mesmo que nas escovas de madeira e plástico: humedecer um pano húmido e tentar limpar o máximo possível.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.