A maioria dos homens tem dificuldade em entender os sinais que as parceiras lhes transmitem durante o sexo. A informação é avançada pelos autores de um novo estudo da Universidade de Toronto, no Canadá, divulgado, no início de julho de 2016, pelo Journal of Personality and Social Psychology. Os especialistas analisaram também a perceção que os homens têm do interesse feminino do sexo num encontro e as conclusões também não deixam margem para dúvidas.

Apesar de, numa fase de enamoramento, uma grande percentagem de homens achar que as mulheres estão geralmente mais interessadas em sexo do que na realidade estão, como avança a análise, também é verdade que, quando já estão numa relação, eles tendem a subestimar as necessidades sexuais da parceira. «[Os resultados] são surpreendentes no sentido em que se revelam o oposto do que o homem manifesta nos primeiros encontros», refere Amy Muise.

De acordo com a coordenadora do estudo, especialista em relacionamentos, «os homens tendem a sentir mais desejo [sexual] do que as mulheres, em média, quando estão num relacionamento» mas, nas alturas em que não estão para aí virados, «tendem a desvalorizar o desejo feminino», afirmou Amy Muise em declarações ao canal de televisão CNN. O estudo incidiu, sobretudo, sobre casais heterossexuais.

Ainda assim, apesar da amostra de casais homossexuais ser considerada demasiado pequena para validar as conclusões da investigação, a situação não parece ser muito diferente. Andrea Meltzer, professor assistente da Psychology of Florida State University, nos EUA, já veio a público manifestar-se surpreendido pelos resultados. «As pessoas tendem a reagir aos parceiros em função da perceção que eles próprios têm dos relacionamentos», opina o especialista.

Texto: Luis Batista Gonçalves

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.