Para algumas crianças, perder o professor é como perder um amigo. Mas a verdade é que estes profissionais – como muitos outros – também são confrontados com novas oportunidades de trabalho e podem querer alterar a sua vida.

Seja por motivos pessoais ou profissionais, alguns acabam por afastar-se da sala de aula temporária ou permanentemente antes do final do ano, o que, infelizmente, é bastante comum em Portugal. Nesse caso, e de um modo geral, pais e alunos podem ficar ansiosos e preocupados. Mas a verdade é que, como em inúmeras situações, esta mudança, desde que resolvida com uma substituição rápida, pode trazer algumas vantagens ao aluno, como sublinha um artigo dedicado ao tema da norte-americana Families Online Magazine.

Sempre que uma criança ou jovem trabalha com um novo professor, está a treinar as suas habilidades sociais e a sua flexibilidade; aprende a lidar com diferentes expectativas e a enfrentar novos desafios com sucesso.

Claro que é confortável para os pais trabalharem com o mesmo professor ao longo do tempo –é sinal de maior estabilidade e de um grau de intimidade com a criança que um docente novo não poderá garantir à partida.

Por vezes, é difícil para os pais aceitarem as expectativas de mudança de um novo professor. O conselho dos especialistas ouvidos pela Families Online Magazine é que os adultos devem manter a mente aberta e ajudar os filhos a tirar o melhor proveito da mudança. Veja como:

1. Mantenha uma atitude positiva.

Como pai ou mãe, e ainda que tenha dúvidas sobre as qualidades do novo professor, dê-lhe o benefício da dúvida e abstenha-se de fazer comentários pouco simpáticos à frente da criança. Pelo contrário, são de louvar as declarações positivas sobre a mudança e as sugestões para lidar com um “estranho”. Se tiver dúvidas sobre o programa ou a nova forma de ensino, pergunte ao professor.

2. Conheça a pessoa.

Tente marcar um encontro com o novo professor. Normalmente, tudo melhora quando se atribui um nome e um rosto àquela pessoa de que o seu filho fala à hora de jantar.

3. Não desvalorize a missão do novo professor.

Tomar conta de uma sala de aula a meio do ano é um desafio também para o professor, independentemente da sua experiência e currículo. Não ponha mais pressão nem atrapalhe o processo com as suas desconfianças.

4. Cuidado com os mexericos.

Por vezes, alguns pais reúnem-se em grupos para trocar ideias e opiniões sobre os professores, sem darem a estes a possibilidade de apresentar o seu ponto de vista. Procure manter-se longe destes processos e satisfaça a sua curiosidade ou acabe com as dúvidas sem recorrer a atalhos – ou seja, com o próprio professor.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.