Os jovens com problamas cognitivos, intelectuais e de desenvolvimento enfrentam muitos obstáculos para viverem a sua sexualidade de forma saudável. Problemas esses que podem passar pela falta de educação, vulnerabilidade perante doenças sexualmente transmissíveis, gravidez e descriminação por parte de uma sociedade que não aceita a expressão sexual destes indivíduos.

O relatório realizado pela norte-americana Liz Sweeney, da MarshMedia, explora os itens que envolvem a educação sexual destes indivíduos e fornece algumas estratégias e recursos que incentivam à sexualidade saudável.

Destinado aos pais e educadores que têm responsabilidade na preparação deste jovens para a idade adulta, incluindo a vivência sexual, este trabalho fornece linhas de orientaçãopara esse trabalho educacional, tais como iniciar a educação sexual da criança logo na infância, com pequenos passos, repetindo as ideias e fazendo revisões. Os conteúdos não deverão ser limitados à interacção sexual, mas deverão fomentar o desenvolvimento de competênicas a nível social e de relacionamento humano, etc..

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.