O confinamento e a pandemia que assolou a vida de todos os portugueses em 2020 levou a um desafio maior por parte das instituições de solidariedade, para conseguir dar resposta aos pedidos que surgiam um pouco por todo o País.

O Movimento de Defesa da Vida (MDV), instituição sem fins lucrativos que preserva os valores da família e atua na proteção de crianças em risco, foi um exemplo claro disso, visto que, durante o ano passado, apoiou um total de 434 famílias e ajudou 611 crianças a encontrarem um espaço seguro e de tranquilidade junto dos seus familiares.

Apesar dos efeitos claros do confinamento, onde se verificou uma quebra forte na economia e o desemprego de muitos portugueses, o que fragilizou muitas famílias, a verdade é que o MDV procurou dar resposta e apoio a todas as famílias, mesmo com as dificuldades impostas à sua atuação.

“O Movimento de Defesa da Vida sofreu constrangimentos fortes na sua atuação em tempo de pandemia. A impossibilidade de apoiarmos, como até então com proximidade e presencialmente as famílias criou desafios à intervenção mais direta junto de todos os elementos do agregado familiar, tornando-se imperativo arranjarmos outras formas, mais criativas de chegar, sobretudo, as crianças e jovens nessa fase.”, começa por referir Mariana Mira Delgado, membro da Comissão Executiva do MDV.

“Reinventamo-nos e, seja através de videochamadas ou de contactos telefónicos mais frequentes, conseguimos que não deixassem de sentir que estávamos lá, à distância de um clique, a qualquer hora. E isso resultou no apoio a mais de 400 famílias e mais de 600 crianças, durante todo o ano”, completa.

O suporte realizado por esta associação, nomeadamente o Projeto Família®, que presta apoio às necessidades das crianças dentro do seio familiar, costuma ser pautado por uma relação próxima e um trabalho de terreno intensivo durante 6 semanas e, após este período, um ano de acompanhamento de follow-up, para garantir que as crianças se mantêm na sua família em segurança.

Apoio a famílias também se faz através do IRS

Para continuar a desempenhar o papel de apoio a famílias um pouco por todo o País, o MDV está a desenvolver uma campanha de consignação do IRS que, todos os anos, é uma ajuda importante na realização de todas as atividades da associação.

A campanha do MDV de 2021 terá como mote “Desconfine o seu IRS”, num claro apelo à solidariedade em tempo de pandemia, quando há cada vez mais pessoas e famílias a precisar do apoio de todos.

Ao consignar o seu IRS está a destinar uma parte do seu imposto pago, mais precisamente 0,5%, a uma instituição solidária. Esta ação não tem qualquer custo associado: numa situação de possível reembolso do seu IRS, o utilizador não recebe menos e num possível imposto adicional, não paga mais.

Para proceder à consignação do IRS para o MDV, só é necessário preencher a declaração de IRS (modelo 3), no anexo 11 da folha do rosto e colocar o número 500 929 041. Desta forma, o MDV poderá contar com uma ajuda importante para apoiar uma família que necessita.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.