O tamanho pode ser um problema e, em matéria de poluição, confirma-se que é mesmo. No caminho para a escola, as crianças do Reino Unido são expostas a mais 30% de poluição do ar do que os adultos. Porquê? Porque são mais baixas e ficam mais perto dos gases de exaustão.

Por causa disto, e segundo o Telegraph, os pais estão a ser encorajados a escolher estradas com menos trânsito para proteger os filhos. As autoridades pedem também aos adultos que deixem o carro em casa – a poluição dentro dos veículos é 50% mais elevada do que no solo.

Dizem os especialistas que o aumento da poluição tem reduzido o crescimento dos pulmões entre os mais jovens e aumentado o risco de problemas cardíacos e de asma. A sua exposição à poluição é 2,5 vezes menor se caminharem em vias menos movimentadas, defende um relatório do Plano de Ação Global para o Cuidado Ambiental.

O estudo agora revelado envolveu crianças e adultos de quatro cidades diferentes do Reino Unido: Manchester, Leeds, Glasgow e Londres.

Paralelamente, a Unicef britânica informa que uma em cada três crianças daquele país vive em zonas com níveis elevados de poluição do ar, o que pode prejudicar a sua saúde a longo prazo.

Ao que tudo indica, 4,5 milhões de crianças, incluindo 1,6 milhões com 5 ou menos anos, moram em áreas com indicadores de poluição superiores aos que a Organização Mundial de Saúde considera seguros. Amy Gibbs, responsável da Unicef do Reino Unido, disse ao Telegraph que “é extremamente preocupante que um terço dos nossos filhos possa estar a encher os pulmões com ar tóxico, algo que os expõe a riscos sérios de saúde a longo prazo”. E exemplifica: “Não daríamos água suja a beber às crianças. Então porquê respirarem ar sujo?”

As crianças com asma parecem ser o alvo mais rápido: “Pode ser particularmente perigoso para o milhão e 100 mil crianças do Reino Unido que sofrem de asma, já que a poluição do ar é uma causa comum para ataques de asma”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.