"Até agora, não há alunos infetados, mas há uma funcionária com covid-19 e, como a escola diz que não tem como a substituir, preferiu fechar a porta e enviar os miúdos para casa", disse fonte daquele município do distrito de Aveiro.

A Lusa contactou a coordenadora da referida escola, que recusou identificar-se e não quis comentar o assunto, remetendo mais esclarecimentos para a direção do respetivo agrupamento.

Contactado o Agrupamento de Escolas de Ovar, a indicação da funcionária do atendimento foi que também não haveria esclarecimentos por parte dessa direção, a qual, segundo a mesma telefonista e de acordo com a fonte autárquica, é presidida pela mesma pessoa que gere a EB1 encerrada e que pouco antes remeteu a Lusa para o agrupamento.

Fonte da Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola EB1 da Oliveira indicou que o estabelecimento de ensino está fechado e que a comunidade educativa aguarda mais informações sobre a situação.

"Uma das auxiliares testou positivo e a outra está em isolamento até ser testada, seguindo as instruções da delegada de saúde. Como a escola não tinha auxiliares, a solução encontrada para hoje foi encerrar. Ainda não nos foi comunicado se já resolveram esta situação de falta de funcionários e quais os procedimentos a adotar", referiu a representante dos pais e educadores.

A Lusa também procurou ouvir a Direção Regional de Educação do Centro, mas as chamadas não foram atendidas.

O novo coronavírus responsável pela presente pandemia de covid-19 foi detetado na China em dezembro de 2019 e já matou entretanto mais de um 1,3 milhões de pessoas em todo o mundo, infetando mais de 54,4 milhões.

Em Portugal, onde os primeiros casos confirmados de infeção pelo vírus SARS-CoV-2 se registaram a 02 de março, o último balanço da Direção-Geral da Saúde indicava 3.472 óbitos entre 225.672 infeções confirmadas.

No caso de Ovar, território que ocupa cerca de 148 quilómetros quadrados e que de 18 de março a 17 de abril esteve sujeito a cerca sanitária para controlo local da pandemia, o último boletim da autarquia indicava esta manhã 414 casos ativos de covid-19.

O município integra a lista dos 191 concelhos do país sob elevado risco de contágio e, por isso, sujeitos a restrições especiais do Governo em termos de mobilidade, horários de atividade comercial, etc.

Desde o início da pandemia em solo português, o balanço epidemiológico de Ovar contabiliza um acumulado global de 52 óbitos e 1.642 casos confirmados de covid-19.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.