Manuel Moreira disse à Lusa que as obras, orçadas em 2,5 milhões de euros, têm julho de 2018 como prazo de conclusão.

O autarca adiantou que, apesar das obras, “estão asseguradas” as condições para o início das atividades escolares do ano letivo 2017/2018, uma vez que o município recorreu a contentores que reúnem “as condições necessárias” para o normal funcionamento das aulas.

“O importante é que, finalmente, conseguimos avançar com a obra da EB 2,3, que há muito era desejada e necessária, e que no ano letivo 2018/2019 teremos uma escola completamente nova, com condições de excelência para o desenvolvimento das atividades educativas”, sublinhou Manuel Moreira.

O investimento é comparticipado, em 85%, por fundos comunitários, arcando o município e o Ministério da Educação, a meias, com a fatia restante.

A EB 2,3 de Amares, no distrito de Braga, serve cerca de 600 alunos.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.