Todos sabemos que são poucas as crianças que comem fruta ou vegetais de forma voluntária. E as refeições escolares incluem, obrigatoriamente, porções de fruta e vegetais. O que acontece é que muitas vezes esse tipo de alimentos acabam nos baldes do lixo.

No entanto, um novo estudo publicado na revista Preventive Medicine sugere que almoçar depois do recreio - em vez de antes, como muitas escolas fazem - resulta no aumento do consumo de frutas ou vegetais na ordem dos 54%.

"O recreio é realizado muitas vezes depois do almoço, logo as crianças apressam-se a comer para que possam ir jogar à bola, o que resulta no desperdício de frutas e legumes", comenta David Just, autor do estudo, citado pela imprensa internacional.

"No entanto, descobrimos que se o recreio é realizado antes da comida, os alunos almoçam com mais apetite e menos pressa, logo são mais propensos a terminar as frutas e os legumes", explica o mesmo investigador.

O estudo contou com uma amostra de sete escolas de uma cidade no Utah, nos Estados Unidos.

Três das sete escolas decidiram inverter o horário, colocando o recreio antes do almoço. As outras quatro escolas mantiveram a programação original. Nas instituições de ensino que fizeram a mudança, os investigadores observaram um aumento do consumo de fruta ou vegetais de 54% e um aumento de 45% no consumo de pelo menos uma porção tanto de fruta como de vegetais.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.