Sente que tem mais apetite? Agora que os enjoos já lá vão, muitas mulheres apercebem-se de que o desejo por comida (alimentos específicos ou simplesmente fome em geral) é agora bem real. Não se negue um mimo ocasional, mas tente comer fruta, legumes e outros alimentos saudáveis antes de se agarrar a qualquer coisa sem qualquer valor calórico. E tente não chegar ao ponto em que sente uma fome voraz. Saltar refeições já não é boa ideia numa situação normal – e pode ser mais perigoso durante a gravidez, já que pode afectar os níveis de açúcar no sangue, provocar tonturas e irritabilidade, para além de criar as condições ideais para comer exageradamente quando finalmente tiver a oportunidade de se sentar para uma refeição. A melhor estratégia é apontar para três refeições e dois lanches por dia.

• Laranjas? Bife? Pizza? Pickles e gelado? Que tipo de alimentos mais deseja(va) durante a gravidez?

Já terá ouvido dizer que é melhor deitar-se sobre o lado esquerdo durante os dois últimos trimestres. Saiba porquê: quando se deita de costas, o útero pode comprimir as veias pélvicas – em especial, a veia cava inferior, que devolve ao coração o sangue da parte inferior do corpo. Deitar-se sobre o lado esquerdo ajuda a aliviar esta pressão. Tente colocar uma almofada atrás de si ou por baixo da anca ou da perna e assim obter maior conforto.

EXPLICAÇÃO

Porque tenho sonhos tão estranhos?

Os seus níveis hormonais estão elevadíssimos e o seu organismo está prestes a viver um dos maiores eventos que se pode imaginar – o suficiente para qualquer pessoa ter o seu pesadelo ocasional. Efectivamente, sonhos realistas, bizarros ou mesmo aterrorizadores durante a gravidez são provavelmente a forma natural da nossa mente lidar com a ansiedade, o entusiasmo e o receio que surgem a par de qualquer gravidez, explica a Dra. Raina Paris, autora de The Mother to Be's Dream Book: Understanding the Dreams of Pregnancy. Poderá ser útil manter um diário dos seus sonhos ou falar com os seus amigos sobre algum sonho mais perturbador. Quando o bebé finalmente chegar, os seus sonhos voltarão ao normal (partindo do princípio de que vai dormir de todo...).

O QUE ELAS DIZEM

"Acabei de saber que vou ter uma rapariga — finalmente, depois de dois abortos espontâneos. Acho que a senti mexer hoje, mas não tenho a certeza. Fiz a ecografia e tudo estava bem, até que enfim!" — Natália

"Estou com 18 semanas. Ainda não senti o bebé mexer e parece que toda a gente já sentiu! Não é estranho? Fico exasperada a tentar sentir seja o que for." — Lorena

"Trouxe o meu mais-que-tudo para a nossa segunda ecografia. Ele adorou. Conseguiu ver o bebé a mexer, o batimento cardíaco e o tamanho da cabeça. Mas a melhor parte de tudo foi quando ele começou a chorar quando o médico confirmou que íamos ter um rapaz." — Joana

DICA DE CONFORTO

Dormir uma boa noite de sono

Uma boa noite de sono pode tornar-se cada vez mais uma ilusão, à medida que a gravidez avança. Quem sabe uma das seguintes sugestões não a ajuda a dormir uma noite inteira:

• Durma de lado, com os joelhos dobrados e uma almofada presa entre as penas. Algumas mulheres preferem almofadas de corpo inteiro a que se possam abraçar.

• Embora o lado esquerdo seja o melhor (melhora o fluxo de sangue e nutrientes para a placenta, entre outros), não há qualquer problema em alternar entre o lado esquerdo e o direito se isso lhe der mais conforto durante a noite.

• Eleve a cabeça e o peito com almofadas adicionais e pode mesmo tentar dormir com o tronco semi-levantado numa cadeira reclinável confortável, caso a azia e a indigestão a mantenham acordada.

• Use roupa de dormir solta na zona da barriga e da cintura.

• Evite ingerir líquidos algumas horas antes de se ir deitar, a fim de reduzir as idas à casa de banho a meio da noite.

• Pense em comer algo leve antes de se deitar, se costumar acordar a meio da noite com fome.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.