"Procurámos uma secretária e uma cadeira para o nosso filho mais velho, que já mostrava muita vontade em começar a escrever, mas que se pudessem adaptar ao seu crescimento. Isto porque a maior parte do mobiliário que tínhamos comprado para os nossos filhos rapidamente tinha deixado de servir", começa por explicar Patrícia Machado, fundadora da UPA.

No entanto, o casal pais de dois rapazes rapidamente deu conta que não existia no mercado uma solução para aquilo que procurava: uma cadeira e uma secretária evolutivas que pudessem ser utilizadas por crianças desde muito pequenas e que ao mesmo tempo assegurassem uma correta postura na posição sentada, fossem seguras, confortáveis e tivessem uma qualidade construtiva que lhes conferisse durabilidade.

"Foi assim que surgiu a ideia de desenharmos e concebermos as peças que tínhamos imaginado. Quando produzimos a secretária e a cadeira para o nosso filho recebemos por parte de todas as pessoas à nossa volta, que também tinham filhos e as mesmas preocupações que nós, reações muito entusiastas aos produtos e foi aí que realizámos pela primeira vez que podíamos ter um projeto de negócio", recorda Patrícia Machado.

Adaptam-se às necessidades das crianças

A cadeira e a secretária UPA adaptam-se às necessidades e crescimento das crianças. A ideia é dar conforto e segurança máxima ao utilizador. "Seguimos a nota europeia (EN1729) que define as dimensões adequadas para mobiliário escolar de acordo com a estatura, garantindo assim que a criança está corretamente sentada, com as costas apoiadas e os pés bem assentes no chão em todas as fases da sua vida, evitando lesões músculo-esqueléticas e desconcentração", diz.

"Por outro lado, ao ter o seu próprio espaço para poder criar, brincar, ler e estudar, a criança desenvolve a sua autonomia e confiança desde muito cedo. A montagem das peças e as mudanças entre os vários níveis são muito fáceis de realizar, necessitando para isso apenas de ferramentas universais", acrescenta a criativa que é também professora assistente na Universidade Católica Portuguesa.

O projeto, que tem também a assinatura do arquiteto Gonçalo Valente, ganhou forma graças a uma campanha de crowdfunding. "Foi um sucesso, angariámos 13.464 euros, entre pessoas que compraram os produtos em pré-encomenda e apoiantes. Tivemos 46 backers [financiadores] de nove países. O projeto está a avançar, estamos neste momento a fabricar a primeira série de peças industrialmente e contamos poder fazer as primeiras entregas, aos nossos compradores na campanha de crowdfunding, no final de novembro", conclui Patrícia Machado.

Fabricado em Portugal

Tanto a cadeira como a mesa são fabricadas em Portugal, em contraplacado de bétula, com acabamento em verniz aquoso, livre de odores e de substâncias tóxicas. O assento e o encosto da cadeira, bem como o tampo e as costas da secretária têm um acabamento em laminado que é altamente resistente e facilmente lavável com um pano húmido.

O preço da cadeira é 239 euros, o da secretária 279 euros e o do pack (cadeira + secretária) 499 euros. Os produtos estão à venda no site www.upa-kids.com.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.