Por elas, só comiam guloseimas, gelados e batatas fritas. Por muito que os pais se esforcem, existem crianças que passam a vida a fazer cara feia aos legumes, preferindo outro tipo de alimentos, porventura mais deliciosos, mas seguramente menos saudáveis. Sandra Aamodt e Sam Wang, autores de «Bem Vindo ao Cérebro do Seu Filho», editado em Portugal pela Pergaminho, recomendam cinco estratégias que vão conseguir convencer facilmente os seus filhos. Estes são os conselhos que as duas especialistas preconizam:

1. Coma vegetais durante a gravidez, visto que as preferências de gosto começam a desenvolver-se no útero. Privilegie a sopa e os legumes cozidos com pouco sal.

2. Combine um sabor novo com um já conhecido e apreciado, com uma distância entre si de menos de nove segundos ou, então, misture os alimentos. Se, por exemplo, associar o sumo de cenoura ao leite, uma combinação que à primeira vista até parece exótica, os seus filhos vão habituar-se ao sabor da cenoura natural.

3. Quando começar a dar comida sólida ao bebé, reduza-a a puré, método que se presta muito bem à combinação de sabores. Também aqui, valorize os legumes cozidos com pouco sal.

4. Mostre que gosta de vegetais e coma-os à frente dos mais pequenos. Os hábitos saudáveis, à semelhança dos nocivos, adquirem-se desde a mais tenra idade.

5. Inclua a criança na preparação da comida. Ao observar os alimentos no seu estado natural e acompanhando a confeção ao longo das suas diferentes fases, estará a estimular e a promover o interesse dos mais pequenos, alertando-os para os benefícios da ingestão de determinados nutrientes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.