A neofobia é uma reação menos positiva por parte da criança a tudo o que é novidade na sua alimentação. É uma situação normal que, por norma, ocorre na faixa etária dos 2-3 anos de vida.

Na fase de adaptação à alimentação diversificada, a criança pode também demonstrar uma «falta de apetite fisiológica», expressar uma enorme necessidade de autonomia à mesa e prazer em declarar “guerra” às refeições.

Daí que, nalgumas crianças, a introdução da alimentação diversificada não seja tão simples.

Especialistas alertam que o modo como a criança encara e se relaciona com os alimentos tem muito a ver com a forma como os pratos lhes são apresentados.
Caso surjam dúvidas, os pais devem solicitar a orientação do médico de família ou médico pediatra.

Fonte consultada: Leonor Levy, médica pediatra

Texto: Ana Margarida Marques

Siga este e outros temas sobre parentalidade no Facebook O Nosso Bebé.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.