O consumo de comida vegetariana para bebés vai aumentar 10% até 2021, segundo o grupo Euromonitor, especialista em análises de mercado. Mas será que nessa altura já estarão esclarecidas muitas dúvidas a este respeito que continuam a afligir os pais e a inquietar a comunidade médica?

A Associação Americana de Nutrição e Dietética esclareceu recentemente que “desde que planeadas com a ajuda de um nutricionista, as dietas vegetariana ou vegana podem ser adotadas em qualquer fase da vida, incluindo durante a gravidez e amamentação, na infância e adolescência.”

Mas quais são afinal os motivos que levam cada vez mais pais a optar por esta opção alimentar, questiona o El Pais?

De acordo com Melisa Gómez, dietista e nutricionista ouvida por aquele jornal espanhol, são três as principais razões: o ambiente, a saúde e a noção de sofrimento infligido aos animais. Outros nutricionistas, como Juan Revenga, resumem o fenómeno a uma “moda”.

Cesarianas aumentam probabilidade de ter filhos obesos
Cesarianas aumentam probabilidade de ter filhos obesos
Ver artigo

Goméz defende que “uma dieta vegetariana pode ser mais saudável, desde que levada a sério”. E exemplifica o seu comentário: “Já “existem cookies vegan e todos os tipos de doces veganos que não são de todo saudáveis. O que se valoriza nesse tipo de dieta são os alimentos reais, como frutas, verduras e legumes, e nunca produtos processados”.

A mesma especialista explica que a partir dos seis meses, as crianças que seguem essa dieta, devem tomar suplementos de vitamina B12. “Ela só existe em alimentos de origem animal e pode ser administrada em gotas uma vez por semana, sem qualquer risco para a criança”.

Moda ou opção consciente, um estudo de 2015 veio mostrar que as pessoas que aderem a uma dieta vegetariana por razões éticas são mais propensas a manter esse tipo de alimentação do que aquelas que o fazem por questões de saúde.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.