O príncipe Harry concordou em dar a entrevista bombástica a Oprah Winfrey, com Meghan Markle, menos de 24 horas depois de ter sido informado que seria destituído dos títulos militares. Uma informação que está a ser avançada pela imprensa internacional.

O duque de Sussex terá ficado "irritado" com a perda das nomeações militares, uma decisão que foi revelada a 19 de fevereiro, que era parte do acordo final do adeus aos deveres reais.

Alegadamente, "muito zangado", o príncipe concordou em dar a entrevista naquele fim de semana, conversa que foi para o ar no dia 7 de março.

"O Harry e a Meghan estavam muito zangados antes da entrevista com a Oprah", começou por dizer uma fonte ao The Sun, referindo que o motivo tinha sido a assinatura do acordo sobre o afastamento dos duques do núcleo sénior da realeza, "que incluía o Harry não manter os títulos militares".

"Foi isso que o deixou tão zangado. Ele é muito emotivo e os papéis militares foram muito importantes para ele", acrescentou.

De destacar que já foi também alegado que a decisão da entrevista chegou depois dos duques de Sussex terem sido informados que o filho, Archie, não iria receber o título de príncipe quando o avô, Carlos, se tornar rei.

Leia Também: Quando for rei, Carlos não deixará o neto Archie ser príncipe

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.