Amigos e família reuniram-se esta terça-feira para a missa de sétimo dia de Paulo Gustavo, que morreu no dia 4 de maio, aos 42 anos, vítima da Covid-19.

Entre os presentes estava o companheiro do falecido ator e humorista, Thales Bretas, que emocionou quando chegou a hora de discursar.

"Que orgulho tenho de ter sido especial o suficiente para conviver com uma pessoa da tua grandeza da forma mais linda possível. Um casamento tão mágico, um encontro de almas. A tua presença tão marcante deu lugar a uma ausência sem fim, a um angústia enorme, de não ter mais a tua alegria no meu dia a dia. As tuas dicas sensatas, opiniões sinceras, decisões incisivas e que não deixavam brechas para muitas opções", disse Thales, como cita a revista Quem.

"Espero que o tempo permita que esta angústia seja cada vez menor. [...] Amei-te demais, amo-te e vou amar-te para sempre. O teu brilho, que tanto iluminou os meus dias, agora ilumina-nos lá de cima. O céu tem uma grande estrela de volta e eu espero ter a honra de cruzar de novo com esta luz na eternidade", completou.

Leia Também: Jogadora da seleção brasileira pede perdão após ofender Paulo Gustavo

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.