O ator Vítor Norte revelou hoje que pretende adquirir uma casa maior para poder viver com os filhos, incluindo a filha Sara, que deverá ser libertada da prisão de Algeciras, Espanha, dentro de seis meses.

Numa entrevista concedida esta manhã a Júlia Pinheiro, em direto na SIC, disse Vítor Norte: “Não tenho o sonho da riqueza, do dinheiro. O meu sonho é o da família, é o de sentir que os meus filhos estão bem e são felizes, é poder sentá-los todos à mesa para almoçar ou jantar e conversarmos como uma verdadeira família. O Gonçalo está a viver comigo desde a morte da mãe (Carla Lupi) e estou à procura de uma casa maior para que a Sara também possa morar comigo quando sair da prisão, daqui a uns seis meses, mais ou menos”, explicou o ator, que é também pai de Valentim, de quatro anos, fruto do seu casamento com Vânia Machado.

Vítor Norte contou ainda que se desloca quinzenalmente a Algeciras, normalmente de mota e acompanhado do filho de 19 anos, Gonçalo, para visitar a filha, Sara, detida por tráfico de droga.

“A Sara está com outra atitude, pratica atletismo, tirou um curso de cabeleireira, trabalha na biblioteca e entrou no núcleo de teatro da prisão. Tem planos para o seu regresso, quer ficar junto de mim e do irmão e gostava muito de regressar à carreira de atriz, o que vai depender das oportunidades, claro. Mas o facto de sentir que ela está com outra atitude, com planos e disposta a mudar a sua vida faz-me bem e saio sempre das visitas à Sara mais feliz”, sublinhou o ator.

Vítor falou, por fim, sobre os motivos que terão estado na origem do comportamento mais rebelde de Sara Norte, que culminaram com a prisão da jovem em fevereiro deste ano:

“A Sara e o Gonçalo foram apanhados no meio da minha separação da Carla e de repente começaram a ser confrontados com todo o tipo de informação e de notícias e capas de revistas, nem sempre verdadeiras, e que a nós, adultos, não nos afetam, mas que para os miúdos são mais difíceis de digerir. Imagino que o confronto para eles na escola, numa idade em que os miúdos não têm papas na língua e dizem tudo como os malucos, não tenha sido fácil. De repente ela quis afastar-se de mim e os convites de trabalho deixaram de surgir, ela começou a viver mais à noite… É uma miúda rebelde, muito mais do que eu, e foi-se deixando arrastar até chegar ao ponto de ser presa”, concluiu Vítor Norte.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.