Madalena Abecassis deixou uma mensagem na sua conta de Instagram onde lamenta que os influenciadores digitais estejam a ser criticados pelo facto de continuarem a trabalhar - através de campanhas publicitárias - nas redes sociais, num momento em que a guerra na Ucrânia domina a atualidade.

"Uma guerra incompreensível que acaba de rebentar na Europa em pleno 2022, com tudo o que isso implica, e as pessoas estão preocupadas com trabalhadores independentes que têm de continuar a fazer os seus trabalhos para poderem ganhar o seu dízimo", começou por escrever a influencer.

"Pois que todas as não-profissões têm agora de ser canceladas até tempo indeterminado para não ferirem suscetibilidades e as marcas com seus timings para campanhas publicitárias têm de se aguentar. Porque os não-trabalhadores das não-profissões não podem estar solidários com todo um povo em guerra e ao mesmo tempo estarem a escrever copy’s de marketing digital", acrescentou.

"E atenção que eu não tenho pubs de nada esta semana, até calhou bem. O mesmo se aplica às empregadas domésticas sem contrato, aos pilotos de aviação, aos pastores, designers e serviços de acompanhantes de luxo. Entre outros. (Não se aplica aqui o mesmo raciocínio a quem se fotografa desnuda e põe hashtags com #ukrainetoday. Também não vamos tão longe. Nem tanto ao mar…)", completou.

Recorde-se que duas das personalidades que teceram críticas aos influenciadores digitais foram Bruno Nogueira e Daniela Melchior: Ucrânia. Tal como Bruno Nogueira, Daniela Melchior critica influencers

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.