É o fim de uma era no ‘Daily Show’. Trevor Noah anunciou esta quinta-feira, 29 de setembro, que deixará de apresentar o talk-show depois de sete anos nesta posição.

“Um dos sentimentos que mais senti foi o de gratidão”, começou por dizer numa reflexão.

“Há tantas pessoas que tornam tudo isto possível, e quero dizer obrigada ao público por sete anos incríveis”, continuou.

“Tem sido uma loucura. Lembro-me que quando comecei tanta gente não acreditou em nós. Foi uma aposta louca que fizemos. Continuo a achar que foi uma escolha maluca… Que jornada tem sido”, disse ainda.

Entretanto, lembra alguns dos acontecimentos mais marcantes por que passou.

“É algo por que nunca esperei e dei por mim a pensar em tudo aquilo por que passamos - a presidência do Trump, a pandemia. (…) E agora percebi que ao fim de sete anos o meu tempo acabou. Mas da maneira mais bela, honestamente”, sublinha.

“Adorei apresentar o programa. Tem sido um dos meus maiores desafios. Tem sido uma das minhas maiores alegrias. Adorei tentar perceber em como poderia fazer as pessoas rir mesmo quando as histórias eram particularmente uma merd** nos piores dias. Rimos juntos, choramos juntos. Mas depois de sete anos, sinto que está na hora”, confessa.

“Nunca sonhei que estaria aqui. Senti-me como no filme ‘Charlie e a Fábrica de Chocolate’. (…) Não poderia ter feito isto sem vocês [público] e não o quereria ter feito”, completa.

Recorde-se que o ‘Daily Show’ estreou em 1996 com Craig Kilborn. Jon Stewart apresentou o programa de 1999 a 2015, ano em que o entregou a Trevor Noah.

Leia Também: Romance entre Casillas e Shakira? Jogador reage

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.