Harry e William voltaram a aproximar-se e a deitar por terra os rumores de mal-estar durante as cerimónias fúnebres da avó, a rainha Isabel II. Porém, há quem diga que "será apenas temporária" a trégua entre os dois.

"Ainda há uma séria desconfiança no ar e não houve nenhum motivo para isso mudar", assegurou uma fonte próxima da realeza ao The Mirror.

A referida fonte explica que os dois irmãos podem voltar a ficar de costas voltadas assim que Harry publicar o seu livro de memórias, que poderá desvendar alguns segredos polémicos sobre a realeza.

O livro em questão deveria ser publicado até ao final deste ano, mas será adiado até 2023 por respeito à falecida rainha.

Harry e William não tinham planos para se encontrarem durante a visita do duque de Sussex ao Reino Unido. Os dois chegaram a passar um pelo outro de carro em Windsor e, segundo o Sunday Times, baixaram as janelas para conversarem.

Tudo mudou depois da morte de Isabel II. No âmbito das cerimónias fúnebres, os filhos do rei Carlos III foram vistos juntos em público em várias ocasiões.

Leia Também: Príncipe Harry e Meghan Markle já terão voltado para casa nos EUA

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.