Se não fosse a ideia de Quentin Tarantino em embebedar Tim Roth, o ator não teria participado no filme ‘Cães de Aluguer’ (1992).

Em entrevista à revista Entertainment Weekly, Roth revelou que não queria fazer o filme e que, para o convencer a fazer o casting, o realizador do filme levou-o a um bar e foi generoso na oferta de cervejas.

“Eu já estava bêbedo e fomos ler cada cena dez vezes. E foi assim que acabei por ficar com o papel”, contou o ator. “O guião era bem escrito e muito engraçado”, acrescentou.

Depois na participação no filme, a amizade entre ambos cresceu e ambos voltaram a trabalhar juntos noutras longas metragens, ‘Pulp Fiction’ (1994) e ‘Os Oito Odiados’ (2015).

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.