A discoteca Seven, que Cristiano Ronaldo e seu cunhado, José Pereira, tencionam inaugurar na antiga sala de congressos do Hotel Tivoli, em Vilamoura, ainda não abriu portas e já está a ser contestada pela concorrência.

Liberto Mealha, presidente Associação de Discotecas do Sul e Algarve (ASDA), já veio a público manifestar a opinião dos associados em relação ao clube noturno de CR7: “O espaço não tem condições físicas e construtivas para discoteca, nem alvará específico para tal”, disse o conhecido empresário da noite.

A ASDA queixa-se ainda de “concorrência desleal” e “projetos piratas”, feitos com “licenças provisórias e ilegais”, emitidas pela Câmara Municipal de Loulé.

Longe da polémica, Ronaldo continua de férias com a namorada e a família nas águas do Mediterrâneo, na Riviera francesa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.