Sanja Ilić, músico e compositor jugoslavo, fundador do Balkanika, grupo musical que representou a Sérvia no Festival Eurovisão da Canção de 2018, que teve lugar na Altice Arena, em Lisboa, morreu aos 69 anos, em Belgrado. O artista estava infetado com COVID-19 e não resistiu ao agravamento do seu estado de saúde. Faria 70 anos no próximo dia 27. Aquando da passagem pela capital portuguesa, há quase três anos, foram muitas as fotografias que partilhou com os milhares de seguidores que tinha.

Sanja Ilić, licenciado em arquitetura, morreu um mês e dois dias depois de Örs Siklósi, vocalista dos AWS, grupo que representou a Hungria na edição do eurofestival que teve Lisboa como cenário. O artista de 29 anos tinha sido diagnosticado com leucemia em junho do ano passado mas, crente na cura, ocultou sempre a doença dos admiradores. Em janeiro deste ano, Örs Siklósi esteve para revelar a doença aos admiradores, mas o estado de saúde já não lho permitiu. A notícia da morte apanhou os fãs de surpresa.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.