Vai ser pai de um menino nos próximos meses mas não esquece o seu, que morreu quando tinha apenas 14 anos. Foi ele que inspirou "You let me walk alone", a canção sentimental com que Michael Schulte representa a Alemanha no Festival da Eurovisão da Canção de 2018. Em entrevista exclusiva ao Modern Life, o cantor de 28 anos assume que "O jardim" de Cláudia Pascoal é um dos seus temas favoritos este ano.

Quais são as suas expetativas em relação à edição deste ano do Festival da Canção da Eurovisão?

Conhecer o maior número de pessoas fixes e de outros artistas que puder e, claro, esperar um bom resultado no dia 12 de maio. Estou muito ansioso para atuar em Lisboa.

Já tinha estado em Portugal antes de vir cá gravar o vídeo de promoção do país que será transmitido antes da sua atuação na semi-final e na final do festival?

Sim, já tinha estado em Portugal duas vezes. Estava no Porto o ano passado quando Portugal ganhou o Festival Eurovisão da Canção. É curioso estar cá novamente, um ano depois. Também conheço a Madeira. Adorei o clima, as pessoas, a comida e o oceano…

O seu vídeo de apresentação promocional, que será exibido amanhã antes da sua atuação na grande final do eurofestival, foi gravado precisamente na Madeira. Como é que foi? Alguma história curiosa?

A Madeira é uma ilha fantástica. E havia uma vaca que queria ser a estrela do meu vídeo de apresentação! Nós entrávamos por uma porta e a vaca insistia em colocar-se junto a ela e não saía. Será estranho se ela não aparecer na edição final…

Já conhecia alguma coisa da música portuguesa antes do Salvador Sobral ganhar o Festival da Canção da Eurovisão de 2017?

Não. Por acaso, acho que não…

Qual é a opinião que tem de "Amar pelos dois", a canção que surpreendentemente, contra todas as expetativas, venceu o Festival da Canção da Eurovisão de 2017?

Adorei… Adorei mesmo! Sei que muitas pessoas a adoraram e que outras tantas também a odiaram. Eu faço parte dos que gostaram e acabei por ouvi-la muitas vezes…

Alguns dos intérpretes da edição deste ano, já assumiram publicamente quais são as canções que mais os entusiasmam. Quais são as suas?

Irlanda, Bulgária, Portugal e França!

A seguir ao Festival da Canção da Eurovisão, vai-se logo embora ou vai aproveitar para ficar em Lisboa e para conhecer melhor Portugal?

Não, infelizmente, regresso logo a casa depois da Eurovisão. Tenho muitas coisas para fazer na Alemanha. Tenho ensaios agendados com a minha banda, concertos… Não vou parar!

Depois do festival, são muitos os projetos que tem em mãos? O que é que pode já revelar?

Vou atuar em vários festivais de verão, vou lançar um novo single e, depois, um novo álbum e, em novembro, parto em digressão.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.