O rapper Hurricane Chris, cujo nome verdadeiro é Christopher Dooley, foi acusado de homicídio em segundo grau na sequência de um tiroteio que aconteceu em Shreveport, Los Angeles, esta sexta-feira, dia 19, adiantou uma fonte policial à Variety.

Dooley - conhecido pelo sucesso 'A Bay Bay' - foi detido hoje de manhã e para além do homicídio foi acusado igualmente de ter em sua posse objetivos furtados durante o tiroteio, que aconteceu numa loja de conveniência.

Os relatórios policiais dão conta que quando as autoridades chegaram ao local do crime encontraram um homem alvejado diversas vezes, que acabou po morrer no hospital.

Os investigadores revelaram que o artista disse que disparou em alegada defesa, contudo imagens de câmaras de vigilância parecem demonstrar o contrário.

Leia Também: Suspeito da morte do 'rapper' Mota Jr. fica em prisão preventiva

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.