Passados 16 anos, os protagonista da série ‘Super Pai’ reuniram-se no programa apresentado por Fátima Lopes para recordar alguns momentos.

Madalena Brandão, que tinha 20 anos na altura, confessou que a representação era um hobbye nunca pensou seguir carreira neste mundo. Estava mais focada na fotografia.

Sofia Arruda tinha 12 anos quando começou a gravar a série e contou que a mãe sempre lhe disse que o que fazia nas gravações não podia fazer em casa. A sua personagem coincidia com a sua idade na altura, e recorda que viveu muitas coisas primeiro na série. “Houve muitas dúvidas que tirei com o Esparteiro”, inclusive, o ator ensinou-lhe algumas coisas como postura e “modos à mesa”.

Filipa, a mais nova das ‘irmãs’, começou a gravar a série com oito anos e começou a representar com dois. A jovem recorda que a mãe era assistente de realização e às vezes ia para a régie com Nicolau Breyner. Um dia “houve uma criança que ficou doente e não tinham uma criança para substituir. (...) Às tantas Nicolau Breyner ligou a dizer que já tinham a criança e quando a minha mãe chegou ao estúdio a criança era eu”, e assim começou os seus trabalhos no mundo da representação.

Das três, Filipa era quem tinha mais experiência, mas foi a que acabou por não seguir esta profissão. Estudou medicina dentária e, atualmente, estuda psicologia.

Para Luís Esparteiro, que já conta com 33 anos de carreira, “todos viveram muito intensamente esta série”. “Foi muito importante para todos e para cada um de nós, e acho que demos mais importância depois do que na altura quando estávamos a fazer”.

Sofia Arruda não deixou passar em branco este reencontro e fez questão de partilhar algumas fotografias nas redes sociais. Ora veja!

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.