O Palácio de Kensington confirmou, hoje, num comunicado, a relação entre o príncipe Harry e a atriz Meghan Markle, algo que já era especulado há algumas semanas.

No entanto, o comunicado não se ficou por aqui. No mesmo, o irmão de William acusa os média de racismo (tendo em conta que a atriz é norte-americana) e de perseguição. Desta forma, o príncipe expressa a sua grande preocupação com a companheira e com a sua segurança.

“O príncipe Harry está preocupado com a segurança de Ms. Markle e profundamentedesapontado por não poder protegê-la”, lê-se no comunicado. “Não está certo que apenas com alguns meses de relação Ms. Markle esteja debaixo de uma tempestade assim”, acrescenta-se.

Mais tarde, os meios de imprensa são acusados de serem “racistas e sexistas”, afirmando que não só Meghan, como toda a sua família, têm sido perseguidos pelos paparazzi.

Os representantes de Harry afirmam que apesar do príncipe perceber a natural curiosidade da imprensa relativamente ao assunto, chama a atenção para o facto de se terem ultrapassado os limites de respeito.

“Isto não é um jogo. É a vida dela e dele”, termina.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.