O príncipe André perdeu mais uma honraria após a decisão tomada pela cidade de York, que concordou em que o filho da rainha Isabel II deixasse de ser ‘Honorary Freeman’ - um título atribuído pelos municípios a personalidades que tenham servido a cidade de forma excecional.

Note-se que André recebeu a distinção numa cerimónia realizada em 1987, após o seu casamento com Sarah Ferguson, de quem depois se separou.

Esta quarta-feira, 27 de abril, noticia o jornal The Sun, o Conselho da Cidade de York votou para remover o estatuto num encontro que demorou apenas 40 minutos.

Um dos presentes descreveu o duque, inclusive, como “uma desgraça que traz vergonha onde quer que vá”.

Este poderá ser mais um passo em direção à perda do título de duque de York, de maneira a que todas as suas ligações à cidade sejam terminadas.

Recorde-se que André esteve envolvido num escândalo depois de ter sido acusado de abuso sexual de menores por parte de Virginia Giuffre, alegada vítima que iniciou o processo judicial. Os dois chegaram a acordo depois do príncipe concordar em pagar pelo menos 12 milhões de libras, embora o valor nunca tenha sido revelado publicamente.

Leia Também: Isabel II recebe carinhosa mensagem da ex-nora: "Sogra inspiradora"

Leia Também: Príncipe André foi "ignorado" por familiares da realeza britânica

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.