Por cá, os portugueses ainda o vão poder ver no pequeno ecrã durante os próximos meses, mas, assim que terminar as gravações de "Amor amor", a nova telenovela da SIC, Pedro Carvalho volta a apostar no mercado brasileiro. "Regresso em março ao Brasil para fazer uma nova novela da Globo. É o projeto que ia fazer mas que foi adiado por causa da pandemia. Os timings foram perfeitos e agora estou a aproveitar ao máximo para estar com a família", confessa o ator de 35 anos, que emigrou para lá há quase seis.

Serafim Amorim, bombeiro, é o nome da personagem que marcou o regresso do artista à ficção nacional, após meia década de trabalho no Rio de Janeiro, onde reside. "Já tinha o desejo de fazer um projeto cá e esta foi a altura perfeita. O elenco é muito forte e isso foi uma das coisas que também me fez aceitar o convite", admitiu Pedro Carvalho em declarações à edição desta semana da revista TV 7 Dias. "Ele é um playboy que nunca se apaixonou a sério", revela. "É uma espécie de sapo que vira príncipe", promete o artista.

Nascido na Guarda a 15 de julho de 1985, Pedro Carvalho viveu no Fundão até fazer 17 anos, altura em que se mudou para Lisboa para estudar representação. Concluiu o curso profissional da ACT - Escola de Atores para Cinema e Televisão em 2007 mas, logo em 2004, entrou nas produções "Baía das mulheres", "Mistura fina" e "O Diário de Sofia". A participação na quarta temporada da série televisiva "Morangos com açúcar" deu-lhe fama e visibilidade mediática. Em 2016, emigrou para o Brasil para fazer "Escrava mãe".

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.