Jorge Gabriel usou a sua conta de Instagram para relatar a rápida despedida que lhe permitiram fazer do pai que morreu esta semana, vítima de Covid-19. O apresentador notou que tudo teve de ser feito com brevidade devido às normas impostas, sendo que nem uma cerimónia propriamente dita foi feita, conforme desabafou.

"Cinco dias após partir consegui cruzar-me pela última vez com o corpo do Sr. Albano. Nunca lhe poderei chamar cerimónia. Cinco minutos talvez", relata.

"Entre chegar o carro funerário, retirar as flores, e seguir para o crematório tudo se desenrola num ápice. Normas Covid", adianta.

"De entre as imensas e intensas mensagens que recebi, e que em breve agradecerei, permitam-me que destaque a que me enviou a dra. Ana Quintais, psicóloga no Lar de Santo António: 'Sempre atrasado para o almoço e com ânsias de vitória! Sempre cordial e cavalheiro, conhecedor e perspicaz, o senhor Albano ficará para sempre nos nossos corações'. Este era o meu pai. Amo-te", completa.

Leia Também: Foto da Semana: Covid-19 rouba vida a pai de Jorge Gabriel

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.