"Sei que vivo há quase 50 anos e não me lembro de ver tanto, tão explícito e tão orgulhoso ódio homofóbico", começou por escrever Nuno Markl numa recente publicação que fez no Instagram e onde mostra um comentário que o deixou 'inquieto'.

Em questão está a mudança da foto de perfil da página do banco Santander em apoio à comunidade LGBT. "Um bom motivo para deixar de ser cliente. Que fiquem com os gays", reagiu um internauta.

Na publicação de Nuno Markl, este acrescentou. "E sim, vou desactivar os comentários neste post porque sei que entre os meus seguidores - e lamento muito isso - há gente demais a pensar como este senhor, e não precisamos de os ler".

"'Ah, Markl, mas isso é censura!' - pois é, pá. Vão ter de lidar com isso. 'Então isto é uma ditadura!' - não, pá. É só uma miserável página de Instagram, mas é a minha página de Instagram e é um bocadinho como a minha casa: não convido toda a gente para lá entrar", disse ainda.

Leia Também: Vacinação. Nuno Markl fala da "faixa etária mais problemática"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.