Mais intimista e pessoal do que os seus três antecessores, "Requiem for empathy" é o novo álbum de Luís Clara Gomes, o DJ, instrumentista e produtor discográfico que a maioria conhece mais como Moullinex. "Não tenho a certeza se é uma nova era ou se era algo que esteve sempre dentro de mim, mas, no passado, não me sentia seguro em explorar este lado mais introspetivo e melancólico. Se calhar, a minha hesitação prendia-se com a dúvida de se a melancolia seria ou não dançável, mas acho que é", desabafa.

"É uma boa forma de libertarmos os nossos demónios", considera o artista. Em entrevista à edição de maio da revista Saber Viver, justifica ainda as novas opções musicais. "Do ponto de vista emocional, foi uma sucessão de coisas que aconteceram no ano de 2019. Tive algumas perdas e sustos que me conduziram à exploração desses sentimentos. Quanto à inspiração musical, há artistas com os quais me identifico muito e que, no passado, foram capazes de se expor desta forma, como o Thom Yorke", elogia.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.