'Finding Freedom', a nova biografia de Harry e Meghan Markle, tem dado bastante que falar por causa das revelações que nela se podem ler. Um dos temas abordados foi a preparação intensa a que Meghan foi submetida antes de entrar na família real britânica.

Assim sendo, segundo uma especialista, Meghan "passou por um curso intensivo de dois dias" no qual chegou a encenar um possível rapto, caso de facto isto acontecesse.

"A Meghan participou num falso rapto ao ser escondida na traseira de um carro por um 'terrorista', levada para uma localização diferente, tendo sido 'salva' por agentes com armas falsas", notou.

Este foi também o processo por que Kate Middleton passou em 2011, antes de se casar com William.

Uma tarefa que não terá sido complicada tendo em conta a anterior carreira como atriz de Markle...

Leia Também: Pippa Middleton não queria convidar Meghan Markle para o seu casamento

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.