A mãe de Diego Maradona, Dalma Salvadora Franco, mais conhecida como “Dona Tota”, foi enterrada ontem num cemitério dos arredores de Buenos Aires, Argentina, depois de ter sucumbido, aos 81 anos de idade, vítima de crise cardíaca e pulmonar.

O antigo jogador da seleção argentina e atualmente treinador do clube Al Wash, Emiratos Árabes, ajudou a transportar o caixão e mostrou-se inconsolável e muito choroso no último adeus à sua progenitora.

Diego “El Pibe” Maradona, teve sempre uma ligação muito próxima com a mãe, tendo inclusive tatuado nas costas, em agosto deste ano, a frase “Tota te amo”.

A mãe do ex-jogador encontrava-se doente há já largos meses, e o seu sofrimento era tal que Maradona em declarações à imprensa em julho deste ano afirmou: “A minha mãe está muito mal, só peço a Deus que não a leve. Que por favor não a leve, porque isso seria terrível para mim, para os meus irmãos, para o meu neto e para as minhas filhas”.

Desde que se tornou a conhecida a morte de “Dona Tota”, os fãs de Maradona invadiram as redes sociais, deixando inúmeras mensagens de apoio, onde a expressão “Fuerza Diego” tem sido a mais repetida.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.