Kim Kardashian admitiu que chorou e gritou quando descobriu o que o marido, Kanye West, tinha dito acerca da escravatura.

As revelações foram feitas pelo própria artista numa das músicas do seu novo álbum, intitulada ‘Wouldn't Leave’.

Na canção, o rapper descreve as inúmeras críticas que teve de encarar após dizer que 400 anos de escravatura tinham acontecido por “escolha” dos negros.

Na letra ainda dá conta da reação de Kim, referindo que a mesma “gritou a disse que iria perder tudo”.

Em declarações ao Extra, nos CFDS Fashion Awards, a socialite de 37 anos confirmou que ficou furiosa. “Chorei porque era demasiado o que se estava a passar”, explicou. “Eu sei que o meu marido tem as melhores intenções. Ele tem um coração gigante”, sublinha, acrescentando que na música Kanye conseguiu explicar efetivamente o que se passou.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.