Um juiz federal de Chicago rejeitou, esta segunda-feira, o novo pedido de R. Kelly para ser libertado perante as alegações de que tinha sido espancado por um outro presidiário.

O juiz distrital dos EUA, Harry Leinenweber, também negou o pedido do artista para realizar uma audiência sobre a suposta agressão na prisão em agosto.

"Embora este incidente seja preocupante, ele não garante a libertação imediata", escreveu Leinenweber ao tomar a decisão. "Este único incidente isolado não sugere que o Bureau of Prisons seja incapaz de abrigar com segurança o Sr. Kelly", acrescentou.

Recorde-se que o artista, de 53 anos, está detido enquanto aguarda julgamento das acusações de tráfico sexual e pornografia infantil.

Leia Também: Advogado diz que R. Kelly quase foi esfaqueado com caneta na prisão

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.