A irmã de Amber Heard alegou em tribunal que viu Johnny Depp a ameaçar um dos cães da atriz durante uma discussão.

Whitney Henriquez, de 34 anos, disse na audiência desta quarta-feira (17 de maio) que viu o ator de Hollywood a segurar cão na parte de fora do carro durante uma viagem.

“A certa altura ouço a porta do carro a abrir - a janela de trás - e o Johnny estava a segurar o nosso cão fora da janela”, garantiu.

“Fiquei paralisada. Estava com medo porque sabia que ele era inebriado e o cão era muito pequeno”, relata.

A testemunha terminou dizendo que Depp acabou por voltar a pôr o animal dentro do carro, começando a rir-se nessa altura.

“Ele fez uma piada qualquer sobre colocá-lo no microondas”, disse por fim.

Leia Também: Johnny Depp e Amber Heard geram mais interesse que a pandemia ou o aborto

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.