João Nabais, que foi atropelado em novembro, já está a recuperar em casa há mais de duas semanas, mas não consegue esquecer o grande susto que apanhou e que o fez repensar a vida.

“Depois de ter sido atropelado, temi pela minha vida. Ao ficar ali estendido, achei que ia morrer. Quando temos situações desta gravidade, fazemos sempre uma reflexão sobre o futuro e sobre o que andamos cá a fazer e a forma como vivemos. E isso levou-me a perceber que tenho de abrandar, não no trabalho, mas na minha vida, nas movimentações que faço”, explicou o advogado à revista “Lux”.

Nabais está otimista quanto à sua recuperação e apesar de ter feito algumas fraturas, acredita que não vai necessitar de se submeter a sessões de fisioterapia.

“A minha recuperação tem sido positiva e rápida. (…) Sinto-me muito bem e do ponto de vista físico, sinto-me melhor, porque estou repousado e porque deixei de fumar há mais de um mês. Fiz essa promessa ao meu filho mais novo e tenho conseguido cumprir”, confessou.

Recorde-se que nos seus primeiros dias em casa, João Nabais teve de andar de cadeira de rodas, que substituiu posteriormente por umas canadianas. Agora, que está prestes a deixá-las, já pensa em regressar ao trabalho.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.