Jimmy Kimmel volta a conduzir a cerimónia dos Óscares no próximo domingo, dia 4 de março. O espetáculo estará, como é habitual, repleto de graças feitas pelos apresentador, contudo, há assuntos que não farão parte das piadas de Kimmel.

O assédio sexual em Hollywood e movimentos como o #MeToo, que encoraja as vítimas de abusos a denunciar publicamente os crimes de que foram alvo, não serão abordados em tom de brincadeira.

“Esta apresentação não será sobre reviver o assédio das pessoas. A última coisa que eu quero é arruinar alguém por isso.”, afirmou Jimmy Kimmel em entrevista para à apresentadora Paula Faris do canal ABC.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.