Jay-Z vendeu parte da sua marca de champanhe, a Armand de Brignac, aos gigantes da LVMH - a maior empresa do mundo no mercado de luxo, detentora de marcas como a Louis Vuitton.

A LVMH anunciou a aquisição de 50% da marca detida pelo marido de Beyoncé.

"A parceria reflete uma visão comum entre a Moët Hennessy e Shawn Jay-Z Carter para o futuro", pode ler-se um comunicado divulgado pela produtora de vinhos.

"A Armand de Brignac quebra as barreiras e reflete o luxo contemporâneo, preservando as tradições dos terrenos de champanhe", destaca Philippe Schaus, presidente e CEO da Moët Hennessy.

Jay-Z, recorde-se, investiu 200 milhões de dólares na Armand de Brignac em 2014 depois da polémica com o champanhe Cristal. O rapper quis fazer o seu próprio champanhe, fez a compra, redesenhou as garrafas, deu-lhe o nome de "Ás de Espadas" e tornou-o protagonista dos seus vídeos.

Agora, a marca de Jay-Z, onde cada garrafa custa entre os 245 e os 53 mil euros, entra no topo das marcas de luxo.

Leia Também: Na "reta final", Helena Coelho mostra a barriguinha de grávida

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.