O irmão de Meghan Markle, Thomas Markle, possivelmente não vai estar presente no casamento da ex-atriz com o príncipe Harry, que vai decorrer no dia 19 de maio. Isto porque ainda não foi convidado.

“O Thomas não recebeu o convite”, disse uma fonte ao Daily Star. “Acho que é por causa dele não conseguir manter a boca fechada. Se ele parasse de falar com os meios de comunicação, a Meghan provavelmente teria a ideia de o convidar. Há pessoas que gostam de dizer coisas para matê-los na ribalta”, justificou.

Thomas falou sobre a irmã numa entrevista dada à revista InTouch, no mês passado, onde disse que ela era “dura”. Alegadamente, o seu advogado afirmou que Meghan não quis falar com o irmão quando ele pediu-lhe ajuda sobre como lidar com a imprensa, após o anuncio do noivado. Thomas classificou a resposta da noiva do príncipe Harry como “ áspera”, como se tivesse levado um “bofetada na cara”, admitindo que ambos deixaram de se contactar depois de Meghan ter-se mudado para Toronto, em 2011, para interpretar Rachel Zane da série 'Suits'.

Depois disso, numa carta aberta, o irmão de Meghan escreveu que estava “orgulhoso” e “feliz” pela relação com Harry, pedindo desculpa por ter “causado qualquer constrangimentos”. “Nunca foi a minha intenção”.

Segundo o Daily Star, Thomas Markle, de 50 anos, foi acusado de ameaçar e apontar uma arma à namorada, Darlene Blount, em 2017. Desde então, além de ter pedido desculpa, disse que estava “à procura de ajuda”.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.