Helena Costa aceitou conversar com Rita Ferro Alvim no podcast 'N'A Caravana', não tendo pudores em falar, entre outras coisas, sobre o divórcio, ocorrido em 2021.

A atriz, na altura, separou-se de Frederico Formigal, o pai das suas filhas gémeas, Mercedes e Maria do Mar, confessando nesta recente entrevista que a relação não estava bem há algum tempo.

"Estávamos em paz, mas não havia uma cumplicidade assim tão grande", começou por dizer Helena, explicando que os dois eram muito "individuais".

"Cada um já tinha um bocado a sua individualidade. Já sabíamos que, mais dia, menos dia, podia acontecer. O que eu deixei bem claro na minha cabeça é que não iria ser eu a tomar a iniciativa. Então, quando ele a tomou, eu disse 'ok'", relatou depois.

Em relação ao facto de ter decidido não ser a própria a avançar com o divórcio, Helena explicou: "Eu sou filha de pais divorciados, apesar de eles se terem divorciado quando eu tinha 14 anos. Gostei muito da vida que levei com os meus pais juntos (...) Os meus pais estiveram 23 anos casados, a minha irmã é mais velha que eu, e eu disse 'vou proporcionar esta vida', porque viajávamos aos fins de semana, éramos nós os quatro e era giro, e eu senti-me muito bem nesse seio familiar. Eu disse 'vou, pelo menos, manter aqui 10 anos deste seio familiar para as minhas filhas, para elas terem esta base', mas não é assim, até porque o exemplo de amor que se vê em casa não é o correto".

Por fim, a artista esclareceu que a relação que mantém agora com o ex-marido é "melhor do que antes". "Ficámos os dois bem, estamos os dois bem. Damo-nos muito bem", concretizou.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.