Georgina Rodríguez deu uma entrevista à revista MujerHoy na qual falou abertamente acerca da sua vida com Cristiano Ronaldo, bem como das mudanças por que passou quando começou um relacionamento com o craque português.

"A minha vida mudou muito, mas a minha essência não. A essência, segundo Platão, é invariável, permanente, imutável. A minha alma não muda, enriquece, e agora sou melhor, sou mãe. Há algo que me preocupa mais que a minha vida: a saúde dos meus filhos. (...) Amadureci de menina para mulher. Sou muito jovem, mais revolucionária e quero ser uma pessoa melhor a cada dia", explicou.

Questionada se o tratamento das pessoas para com ela tinha mudado, a modelo espanhola explicou: "Para ser sincera, aproximam-se muitos interesseiros. Por exemplo, gente com quem falei uma vez na vida e nunca mais, até que... és conhecida e reaparecem todos como se fossem amigos íntimos. Mas, por sorte, há gente que se manteve sempre e continua a manter-se da mesma maneira".

No mesmo âmbito, a manequim lamenta que existam pessoas que invejem a sua vida. "Sinto que têm muita inveja do meu companheiro e de mim. A inveja é um sentimento que apodrece o ser humano, não o deixa evoluir e enche-o de ódio e ressentimento".

Entretanto, faz saber: "Sempre fui muito madura e consciente da importância da saúde, mas ao fim de passar por uma coisa assim há um antes e um depois. Tenho uma situação económica boa e estou grata. Mas nem sempre foi assim e tenho consciência de todos os extremos. Porque os vivi, valorizo mais do que nunca aquilo que tenho. É como o meu namorado, que também viveu uma infância muito humilde sem nenhum tipo de luxo".

Leia Também: Georgina Rodríguez quer voltar a ser mãe: "Espero ter mais filhos"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.