A saída de Fátima Lopes da TVI foi anunciada na sexta-feira passada pela estação. Uma notícia inesperada que tem feito correr muita tinta na imprensa cor-de-rosa e motivado vários rumores.

Entre os vários rumores, ganhou força um que dava conta de que Fátima Lopes teria saído da TVI por questões de dinheiro. Uma publicação nacional dava conta de que a apresentadora terá pedido um aumento de salário, recusado pelo canal.

Perante a especulação e numa tentativa de repor a verdade, Fátima Lopes usou as suas redes sociais para negar tais acusações.

De acordo com o antigo rosto da TVI, o artigo em questão "assenta num conjunto de mentiras sem fundamento", que na sua opinião "mais não servem do que para tentar branquear uma situação" que, afirma, "não criei".

"De facto, não sei funcionar com a arma com que me atacam: a mentira. Não esperem, assim, que siga e alimente este caminho. Desculpem o desabafo, mas 'quem não sente não é filho de boa gente'", terminou a apresentadora.

De acordo com o comunicado oficial, a apresentadora e os seus advogados não chegaram a acordo com o canal devido a divergências relacionadas com aquele que seria o seu novo programa, 'C’è posta per te'. "Não aceitou dar seguimento ao projeto nos moldes que lhe foram propostos pela TVI", fez saber a estação.

Também Cristina Ferreira, diretora de ficção e entretenimento do canal, apresentou publicamente uma justificação semelhante para a saída de Fátima: "Infelizmente, os advogados da Fátima e da TVI não chegaram a acordo e a Fátima sai da estação".

Leia Também: Cristina reage à saída de Fátima Lopes: "Advogados não chegaram a acordo"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.