Diogo, primo de Gonçalo Quinaz, esteve esta sexta-feira em direto no 'Extra de Big Brother - Duplo Impacto' para esclarecer toda a polémica que envolvem os gritos que o concorrente recebeu no decorrer desta semana.

"Não foi o Diogo que foi gritar, não foi a mãe do Quinaz, não foi a família, não foram os primos. Não foi família, nem amigos", garante o primo de Gonçalo, que acusa quem foi à Ericeira chamar pelo primo de "jogo sujo".

"Quem o fez é certamente a quererem fazer um jogo sujo, um jogo baixo", começa por referir.

Diogo admite que a família já foi gritar para Gonçalo em outras ocasiões, mas garante que deixaram de o fazer desde que o concorrente foi sancionado por reagir à presença dos familiares. Gonçalo Quinaz pediu à família para não voltar à Ericeira e, de acordo com Diogo, a sua vontade foi respeitada.

Mas então, quem foi gritar por Gonçalo? "Eu sei quem foi. [...] É um jogo sujo a acontecer fora da casa", afirma, preferindo não revelar a quem se refere.

Reveja aqui as palavras do primo de Gonçalo Quinaz.

Leia Também: Pedro revela em direto nome de concorrente que vai entrar no Big Brother

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.