Meghan Markle votou antecipadamente através do correio nas eleições presidenciais de 2020 dos EUA, como informa o Page Six.

A duquesa de Sussex está atualmente a viver nos Estados Unidos com o príncipe Harry e o filho de ambos, Archie, numa mansão no valor de mais de 14 milhões de dólares, situada em Montecito, Califórnia.

E depois de ter passado os últimos meses a incentivar os americanos a votarem nas eleições, que decorreram esta terça-feira, 3 de novembro, a própria Meghan não falhou com o seu voto.

"A Meghan era americana muito antes de ser da realeza. Ela não iria perder a oportunidade de votar nestas eleições, independentemente onde estivesse a morar", destacou uma fonte.

De referir que, até ao momento, a contagem dos votos ainda não chegou ao fim.

Meghan faz história, tornando-se assim no primeiro membro da família real britânica a votar numa eleição dos EUA.

Leia Também: Rainha quer recorrer a solução inédita para resolver problemas familiares

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.