Apresentadora, modelo, atriz, são várias as facetas profissionais de Marisa Cruz, que abraçou agora um novo desafio: apresentar o novo programa da TVI, com o humorista João Paulo Rodriguues, o "Não há Bela sem João".

Em entrevista, Marisa Cruz recorda-nos o seu percurso profissional desde os tempos de modelo e fala-nos ainda um pouco da sua vida.

Já lá vão alguns anos desde que protagonizou a famosa capa de lançamento da Maxmen. O que mudou na sua vida desde então?
Mudou tanto que até parece que isso pertence a uma vida passada… Era praticamente adolescente nessa altura. Tudo começou aí. A minha carreira profissional teve aí o “salto”. Passei de mais uma modelo a alguém conhecido do grande público. Essa capa permitiu-me agarrar muitas oportunidades.


O que guarda ainda da Marisa Cruz prévia à fama?

Gguardo muito boas recordações tanto de antes como depois de ser conhecida. São períodos diferentes, mas ambos muito bons. Antes de ser conhecida do grande público, andava na rua sem que ninguém me abordasse… agora isso praticamente não acontece. Mas também é bom receber elogios e palavras simpáticas das pessoas que se vão cruzando comigo…


Tem tido várias experiências profissionais. Com qual se identifica mais?

Gosto de todos os trabalhos que faço. Desde fotografia, a desfiles, apresentações de espetáculos e eventos, até à televisão sinto-me bem em qualquer dessas atividades. Por exemplo, ser a imagem da GrandOptical é um projeto que me dá grande prazer e motivação.
No entanto, se tivesse que eleger apenas uma área, seria a televisão.


Há muitos anos que se movimenta no mundo da moda. Como acha que está este setor em Portugal?

Está como tudo o resto… em crise!
Quando comecei, a moda em Portugal dava os primeiros passos; tudo se começava a organizar e a definir profissionalmente. É muito bom ter acompanhado e vivido todo esse processo.
Atualmente, tudo funciona de modo 100% profissional, ao nível das grandes capitais europeias de moda – à escala e dimensão do nosso país, claro.
Acredito que Portugal vá ultrapassar esta fase, demore o que demorar…


Cada vez há mais jovens a quererem ser modelos ou simplesmente figuras públicas. O que diria a esses jovens?

Para lutarem pelos seus sonhos o máximo possível. Mantendo sempre o espirito de humildade e sacrifício para alcançarem o sucesso.


Ser casada com uma figura pública, o João Pinto, torna-vos um casal muito mediático. Como o vosso núcleo familiar lida com a fama?

Acho que lidamos muito bem com isso. Tentamos proteger os nossos filhos ao máximo e não expomos a nossa vida pessoal…

Leia mais na próxima página


A Marisa já foi miss e modelo. Considera-se uma mulher bonita e sensual?

Sim, sinto-me uma mulher bonita. Sensual… acho que já passei essa fase… Sinto-me bem comigo e com o meu corpo.


Já deu dicas num livro sobre como manter a forma. Considera uma responsabilidade sua ter de estar sempre em forma? E como consegue manter a forma física?

Acho que todas as mulheres têm essa preocupação.
Eu, para além disso, tenho consciência de que tenho que estar em boa forma física e mentalmente para conseguir cumprir a 100% as minhas obrigações profissionais.
Mantenho-me em forma fazendo uma alimentação equilibrada, praticando exercício físico regularmente e bebendo muita água. Para além disso, é para mim muito importante a limpeza e a hidratação da pele do meu rosto e corpo.


Acha que viver no Porto a pode limitar um pouco a nível profisional, uma vez que os maiores recursos estão em Lisboa, ou essa barreira não existe?

Felizmente, nunca senti isso. O único aspeto mais penoso são as viagens que por vezes tenho que fazer dias seguidos para Lisboa… Mas, como se costuma dizer, quem corre por gosto não cansa.


A decisão de viver no Porto foi uma clara vitória da vida familiar sobre a vida profissional?

Sem dúvida. Para mim a família está sempre antes e acima de tudo! Com boa vontade tudo se consegue.


Como a maternidade a mudou?

Ser mãe é a experiência mais maravilhosa que uma mulher pode viver. Claro que me mudou. Depois de termos um filho nada volta a ser como dantes. Passamos a colocar os filhos acima de tudo, deixamos de ser tão egoístas.


Como consegue conciliar a maternidade com uma atividade laboral intensa?

Com muita organização e com a ajuda imprescindível da família. Nas alturas em que não estou a trabalhar aproveito ao máximo para estar e aproveitar a minha família.


Em que projetos está atualmente envolvida?

Começei agora com o meu novo programa na TVI – “Não há Bela sem João”. É um direto ao sábado, ao final da tarde que começou a 30 de junho. Sou eu com o João Paulo Rodrigues. Estou entusiasmadíssima com este projeto!
Terminei agora a apresentação do “Euro Mulheres” no Porto Canal, onde acompanhei o Euro 2012 e que foi também um desafio que me deu enorme prazer.
Continuo a ser a imagem da marca GrandOptical com a qual me identifico a 100%.


Que sonhos tem ainda por realizar?

Vários… viajar, fazer férias e sobretudo continuar a ser feliz.

Foto: Cassiano Ferraz

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.