Elton John, que tem uma fortuna avaliada em 354,8 milhões de euros, aceitou pagar 3,3 milhões de euros à ex-mulher por ter rompido o acordo que assinaram aquando da separação. O cantor, compositor e músico britânico de 73 anos chegou a acordo com Renate Blauel, que já tinha recebido 5,3 milhões de euros aquando do divórcio, em 1988. A alemã não gostou de pormenores do casamento divulgados no filme biográfico "Rocketman" nem na autobiografia "Eu, Elton John" e processou o antigo companheiro.

A engenheira de som germânica conheceu o artista inglês em 1983 durante a gravação do disco "Too low for zero", que inclui os êxitos "I'm still standing" e "I guess that's why they call it the blues". No ano seguinte, casaram em Sydney, na Austrália. "Ela só quer é dinheiro", criticou publicamente Elton John há uns meses. "As duas partes estão felizes por anunciar que resolveram o caso de uma forma que garante a necessidade de privacidade da Renate", anunciou, nas últimas horas, um representante do intérprete.

"Eles não voltarão a falar deles nem do seu casamento no futuro e também não farão nenhum comentário acerca deste caso", informou a mesma fonte. Entretanto, ontem, Elton John anunciou nas redes sociais o lançamento da edição de bolso de "Eu, Elton John". "Vem com um novo capítulo que cobre os altos e os baixos do último ano. Espero que gostem tanto de o ler como eu de o escrever", informa o músico, que, desde 2005, vive maritalmente com o realizador canadiano David Furnish. Estão casados desde 2014.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.